À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS

À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

domingo, 26 de agosto de 2012

"Nda vilya kwamãle, vinga. Eci vimãla vilya kwove" (Calomboloka: nda ovinyama vilya/vinyõla vepya lya umwe olisungwe laye, kwatisako okuvinga. Momo eci okulya kwapwile po, vatehenlã kwove)

Corresponde a: "se a barba alheia arde, põe as tuas de molho".
Tradução literal: se os  animais comem/destroem lavra de outrem, não hesites em enxotá-los, pois quando derem cabo de tudo, tua lavra não escapa.

terça-feira, 14 de agosto de 2012

‎"kwata oko lukwene, likalyove cipõla"

Tradução livre:
Dizemos "agarra a outra ponta", quando sabemos q temos alguém do outro lado, ou seja, o fardo, quando partilhado, pesa um pouco menos).

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

O pulitika, ndomo yipangiwa vo Ngola, nda ka twatalele ciwa, yilinga ndo ndona yocisandwi. Ombembwa yivyale! Ovilamo!

A política, do jeito que é feita em Angola, se não tivermos cuidado, pode funcionar como aquelas donas de casa que não criam união no lar. Viva a paz. Saudações!