À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS

À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

sábado, 7 de janeiro de 2017

Umbundu é a segunda língua do país

(Texto e foto: Jornal de Angola, 6 Jan 2017)

O umbundu é a segunda língua mais falada em Angola, representando 22,96 por cento da população, o que corresponde a cerca de 5,9 milhões de pessoas, depois do português, que é falado por 71 por cento da população.

Depois do português e do umbundu aparecem o kikongo, com 8,3 por cento, e o kimbundu, com 7,8 por cento. Seguidamente vêm as línguas côkwe, nganguela, nyaneka, fiote, kwanyama, luvale e muhumbi com percentagens que variam entre os três e um por cento.
Os dados são do Censo Geral da População e Habitação, o primeiro realizado depois da proclamação da Independência Nacional, em 11 de Novembro de 1975, pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

A população angolana é constituída por 25,7 milhões de habitantes, dos quais 12,4 são homens, o que corresponde a 48 por cento, e 13,2 são do sexo feminino, o que corresponde a 52 por cento.

O último censo realizado pela administração colonial portuguesa ocorreu em 1970 e mostrou que a população era constituída por 5,6 milhões de habitantes.
--------------
Nota do blog Angola, Debates & Ideias: Investir na actualização do código da grafia (línguas Bantu), que é bom, para daí incentivar a produção de bibliografia e literatura diversa nessa tal segunda língua, isso é que quem de esquerdo não prioriza

Nenhum comentário: