À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS

À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

segunda-feira, 7 de abril de 2014

"Nda ndufeko, si kwela osivili; osivili otamba yomulingi. Haka!"

Entre 1988-90, na comuna da Equimina, município da Baía Farta, uma das canções de militares (para sua auto - motivação), na língua Umbundu, dizia: "Nda ndufeko, si kwela osivili; osivili otamba yomulingi. Haka!"

TRADUÇÃO
Se eu fosse moça, não me casaria com um homem civil; o civil é comparado à uma tampa de moringue. Oh!"

ENQUADRAMENTO
A imagem que me ocorre também não é concreta. Será por ser algo de pouco valor a tampa de moringue? Seria porque a tampa de moringue é algo que se perde facilmente e quiçá difícil de preservar (do tip, é um companheiro susceptivel a rusgas mais tarde ou mais cedo)? Ou seria por se ver que a maioria dos moringues cumprem o seu papel sem se ressentir da ausência de tampa? Para terminar, já agora, os moringues do teu bairro, no que te lembres, tinham tampas? Hahaha

Nenhum comentário: