À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS

À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

sábado, 12 de outubro de 2013

Sábado de sol aberto, no lazer fotografando barragem do Biópio

O topónimo BIÓPIO, comuna do agora município da Catumbela, é corruptela de “VIHÔPYÔ”, nome Umbundu para uma espécie de parasita veluda que resulta da coabitação entre humanos e animais domésticos, muito comum nos lares rurais. Outra curiosidade, a localidade é também chamada de “KAMBUNDU” pelos naturais (ou nativos, para usar aqui designação da época colonial referente a populações não assimiladas), sendo “kambundu” neste contexto uma espécie de infecção que se assemelha à sarna e que afecta o couro cabeludo. Portanto, deve haver peste na origem do Biópio (Vihôpyô).

Nenhum comentário: