À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS

À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

sábado, 1 de março de 2014

Kupeletela

6h15 da manhã, sábado, já se foi o sono. Na vizinhança, outra vez em alto volume, toca "nakalungu", estilo sungura, da autoria de Kupeletela, rapaz do Bocoio, que divulga aforismos e adágios em Umbundu. Não me devo chatear, já sei, pois a música é de alguém, como eu, bisneto de Patissa Maliyanu

Alguns trechos: "nakalungu/ nakacekele/ cukwavo olya/caye osoleka (...) cananga mo ceci/olongombe vipokola komunu/omunu ka pokola kwisya yaye/ la ina yaye" (o espertalhão é dinâmico, guarda o que é seu para comer o que é do outro (...) o que me deixa perplexo é que o boi obedece ao ser humano, o ser humano desobedece ao pai e à mãe"

Nenhum comentário: