À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS

À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

terça-feira, 1 de julho de 2014

Kulya, eh, walya/ a fumbelo/ waliminlã ongamba/ okwambatelako elye/ ókulu?"

"Kulya, eh, walya/ a fumbelo/ waliminlã ongamba/ okwambatelako elye/ ókulu?" (trecho de um canto de resistência do cancioneiro Umbundu) - comer, oh, comeu/ o latifundiário foi avarento para com o servo/ quem te há-de carregar os haveres/ ó velho?

Nenhum comentário: