À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS

À VENDA NOS SEGUINTES LOCAIS
PONTOS DE VENDA: União dos Escritores Angolanos; Rede de Supermercados KERO; Tabacaria GRILO (edifício do Mercado de Benguela); Livraria SUCAM, Benguela; Livrarias LELLO, MENSAGEM e na SALA DE EMBARQUE do AEROPORTO INTERNACIONAL 4 DE FEVEREIRO, Luanda

domingo, 6 de janeiro de 2013

"Teke ngenda kimbo kumãi/ vokahumba nduwambatela/ olosongo vyekumbi"

"Teke ngenda kimbo kumãi/ vokahumba nduwambatela/ olosongo vyekumbi" (No dia em que em eu for à terra de minha mãe, levo para ela na quinda raios de sol) - Trecho de um tema do cancioneiro popular Umbundu, retomado no estilo sungura por Tony Amado, com participação de Victor Bill.

Um comentário:

Angola Debates e Ideias- G. Patissa disse...

Umwe ukulu wendamba kombaka walingile hati o "poesia" kelimi lyetu oyo "ocihita". Nda oco ndanye, sa la ciyeva. Pwãi, citava okulinga tuti vovisungo vyutundasyahunlu yetu muli oka poesia kapyãlã.

(Um ancião cá de Benguela, disse em tempoe que o sinónimo de poesia em Umbundu é "ocihia" [otsihi:ta]. Não tenho a certeza quanto a isso, pois é foi da primeira fonte que o ouvi. Entretanto, dá para dizermos que há bastante poesia nos cantares populares da nossa tradição).